Diários-ponto / Bullet journaling

Neste último fim-de-semana eu estive em uma destas livrarias “megastore”. Junto aos cadernos estilo Moleskine, eu notei um outro caderno de origem alemã chamado Leuchtturm 1917 (literalmente torre brilhante). Ele é um caderno bonito, mas o que me chamou a atenção foi o sistema de anotações que ele sugere: Bullet Journaling, que em bom português seria algo como Diário-ponto.

O Bullet Journaling é um sistema para tomar e organizar anotações rapidamente. Suas regras são simples:

  1. Coloque um título e numere a página na qual você irá anotar.Cada bloco de registro tem anotações referentes a um prazo específico: um dia, uma semana ou um mês
  2. Utilize uma das três categorias de registro com seus símbolos específicos
    1. tarefas “•”: uma ação a ser executada
      1. uma vez executada, transforme o símbolo em X
      2. se reprogramada, o símbolo passa a ser um >
      3. se agendada, o símbolo se transforma em <
    2. eventos “o”: são um registro que acontece relacionado a uma data
    3. notas “–“: fatos, idéias, observações, conclusões
  3. Sempre que acaba o período da sua lista — seja o dia, semana ou mês — todas as tarefas não concluídas têm que ser transportadas para uma próxima lista
  4. Sempre use frases curtas e objetivas
  5. Crie um log diário e um mensal, movendo tarefas frequentemente de um para o outro

A teoria desse sistema é que olhar frequentemente para essa listas, assim como ser obrigado a reprogramar as tarefas, faz com que você reavalie sua importância (e se sinta culpado por procrastinar!)

Para mais informações sobre o sistema, veja o site: http://bulletjournal.com/get-started/ ou para para exemplos interessantes de cadernos, este link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *